Visitar, Zona de Couros
Lfa_20110616_072_1_510_300
Fábrica Âncora
Lfa_20110616_072_1_139_90
Lfa_20110616_038_1_510_300
Lfa_20110616_038_1_510_300
Lfa_20110616_012_1_510_300
Lfa_20110616_012_1_510_300
Lfa_20110616_014_1_510_300
Lfa_20110616_014_1_510_300
Inserir fotoS
9730 visualizações

A antiga fábrica Âncora, actualmente reabilitado para Centro de Ciência Viva, apresenta-se como um ícone da tipologia construtiva de Couros, revelando o universo arquitectónico pré-industrial que se inspirou na arquitectura rural tradicional seja na forma do traçado arquitectónico seja nas técnicas construtivas, adaptando-a a novas funções.
Ao nível do rés-do-chão e em torno de um pátio amplo, desenvolvem-se as lojas para armazém de matérias-primas, para trabalhos de acabamento dos couros, bem como os lagares, as lagaretas e os pelames, onde se realizavam as diversas operações de curtir e surrar as peles.
Ao nível do piso superior encontramos espaços cobertos, amplos e arejados, construídos em ripado de madeira, onde se efectuava a secagem das peles.
Esta unidade fabril possuía ainda um pombal com a finalidade de garantir o acesso a uma das matérias-primas necessárias para a transformação das peles: o excrementos de pombas.
 
 
 

Outras Sugestões

Próximos