Rua de Vila Verde

Geral, Visitar, Zona de Couros
Rua_de_vila_v_erde_1_510_300
Rua de Vila Verde
Rua_de_vila_v_erde_1_139_90
Rua_de_vila_verde_1_510_300
Rua_de_vila_verde_1_510_300
Rua_de_vila_verde_2_1_510_300
Rua_de_vila_verde_2_1_510_300
Inserir fotoS
8558 visualizações

A Rua de Vila Verde conserva aspectos do modo como a organização urbana respondeu às necessidades dos operários. Apesar do ambiente insalubre, as casas cresceram partilhando muitas vezes as paredes com os edifícios fabris e com os campos de lavoura. Aqui, ainda se ouve a água das nascentes e minas que contribuíam para o aumento do caudal do rio que nesta zona era muito requisitado.
Repare-se no contraste entre os edifícios que ladeiam a rua, de um lado as casas de habitação coloridas e os vestígios de antigas fábricas que pertenceram ao Cidade e que durante o século XX foram exploradas por José Pinheiro Guimarães, conhecido pela alcunha do “Roupa Seca”.
O crescimento industrial registado no século XIX e primeira metade do século XX, traduziu-se em sucesso para muitos curtidores, surradores e negociantes.
Os rendimentos obtidos com o trabalho repercutem-se na melhoria das condições de vida. Aparecem edifícios habitacionais sóbrios e distintos, em articulação com o típico bairro operário.
Aqui destaca-se pela sua presença a Casa Grande de Vila Verde, que pertenceu ao Comendador
Manuel José Teixeira, abastado negociante ligado aos negócios de Couros.
A intervenção urbana operada nesta zona em finais do século XX levou a uma alteração da configuração desta rua, ligando-a à Rua da Ramada e abrindo aos espaços circundantes onde surgiram novos edifícios.
 
 
 

Outras Sugestões

Próximos

Câmara Municipal de Guimarães - Turismo spacer.pngTripadvisor
Largo Cónego José Maria Gomes, 4800 - 419 Guimarães | tel. 351 253 421 221 / 233 | fax. 351 253 515 134 | e-mail. info@guimaraesturismo.com spacer.pngOpiniões sobre Guimarães
spacer.png